segunda-feira, 22 de junho de 2009

Arco da "vergonha"

via, A-Sul

Tínhamos os arcos do triunfo clássicos (Arco de Constantino ; Arco de Tito ; Arco de Septímio Severo), os neoclássicos (Arco do Triunfo – Paris; Arco do Triunfo, na Rua Augusta); e os contemporâneos como este em Pyongyang. Agora temos também este no Seixal… Enfim, cada qual celebra como pode e, enquanto pode.

Esta iniciativa da CDU/PCP, que já mereceu o protesto do PSD junto da CNE (Comissão Nacional de Eleições) é, apenas mais um exemplo do Chico-espertismo desta força política.

Acontece que não gosto de Chico-espertos. Nunca gostei. Não gosto, quando tentam furar a fila do supermercado; nem quando num engarrafamento me ultrapassam pela direita; nem quando dão “o golpe” na cantina; nem … ora, acontece que colar um portal tridimensional à entrada das Festas Populares do Seixal, fazendo parecer que se entrou numa festa partidária é uma óbvia manifestação deste tipo de esperteza saloia.

A colocação do referido pórtico, no local onde está, constitui uma violação do princípio de imparcialidade. Se “em política o que parece é”, parece que o PCP/CDU se apropriou, mais uma vez, das Festas Populares. Este tipo de manipulação tem de ser denunciada para que não se repita porque é , de facto uma vergonha que só se justifica como acto de desespero de quem procura por todos os meios agarrar-se ao poder local como tábua de salvação.

1 comentário:

J.S. Teixeira disse...

PS e PSD lideram isolados a tabela de partidos com mais casos de corrupção autárquica. Veja o artigo no blogue O Flamingo.