quinta-feira, 10 de abril de 2008

Insucesso escolar, étnia e pobreza (2)

Pretende-se uma escola de sucesso para todos. Uma escola em que todas as crianças tenham as mesmas oportunidades.
Mas, poderá a Escola facultar essa igualdade e, essse sucesso, quando a sociedade se tem revelado incapaz de o fazer? Não estaremos a exigir da Escola mais do que ela pode, realmente, fazer?

2 comentários:

David Oliveira disse...

Obviamente que sim! minha cara.
Essa da escola para todos é exactamente o mesmo que comida para todos. Ninguém fala é dos pratos. Há pratos grandes, pequenos e ainda quem não conheça pratos para comer. Isso é tudo treta, resquícios e "taras" mal resolvidas por "soixant- huitards" deslocados no tempo. Persistem em arvorar bandeiras pelo Homem Novo. Com outras roupagens...para disfarçar. Marketing!
David Oliveira

Moriae disse...

Não estamos a exigir mais da escola do que ela nos pode dar.
Devemos exigir do governo o cumprimento da constituição e dos acordos internacionais.
A escola não pode dar e então? Ficamos pelo discurso debroado de alguns senhores Oliveiras.
Há pessoas estranhas neste mundo ... gostaria de saber como vivem o seu quotidiano.
HKT, com todo o respeito,
Moriae