terça-feira, 10 de junho de 2008

Comparações...






A diferença entre Espanha e Portugal está bem à vista!

O impacto da greve dos camionistas é grande de ambos os lados da fronteira. Este é sem dúvida o tema forte da actualidade e, no entanto… em Espanha, faz as capas dos jornais. Em Portugal, não passa de uma notícia de segunda linha.

Divórcio entre os leitores e os jornais? Ou, um bom trabalho de assessores empenhados em suavizar a realidade e facilitar a vida do governo Sócrates?... O Diário de Notícias, foi mesmo ao ponto de anunciar uma suspensão de bloqueio que não existiu.

As dependências da comunicação social face ao poder instalado não cessam de surpreender desagradavelmente.

______________

Reparem, também, no não-destaque dado ao futebol nestas primeiras páginas dos nossos "hermanos".

Ver, PPTO

4 comentários:

David Oliveira disse...

... mas tudo o que se queira comparar entre Portugal e Espanha, para o bem e para o mal, nós saímos a perder.Tudo! por isso é que em Espanha se mata o touro e cá não; por isso é que os espanhóis se mataram uns aos outros entre 36 e 39; por isso é que em Espanha existe terrorismo; por isso é que os espanhóis tiveram os Reis Católicos; por isso é que os espanhóis não têm vergonha de Cortez e do que fez... por isso é que os espanhóis têm lidado bem com o rochedo de Gibraltar e não têm nós na garganta; por isso é que desapareceu (ou quase) da agenda política internacional a questão do Saara Ocidental...
é por muito de tudo isto que, em Espanha, tudo tem muito mais importância e tudo é levado muito mais a sério. Também uma greve! Se é bom, se é mau nem sei...certo é que se é verdade que o bom é o anverso do mau a conclusão que tiro é um tanto maniqueísta ... almejando sempre que o que é bom prevaleça (apesar ou depois de tanto que é mau)
Fique bem!

Anónimo disse...

Mas ainda havia dúvidas que os xuxas tem a comunicação social toda na algibeira?

outsider disse...

Há alguma diferença entre este PS (no poder) e qualquer P... no poder ?

Porventura acham que em Portugal, onde o universo de leitores/compradores de jornais é tão pequeno, algum "patrão" destes media pode funcionar contra governo, ainda mais quando eles são todos amigos, e militam frequentemente na mesma órbita de conhecimentos e influências. Vejamos a família Costa (um na SIC, outro no PS), ou ainda o mais recente pulo de Nuno Santos (do canal PS/RTP para o Canal PSD/SIC), numa manobra a fazer lembrar os saltinhos das administrações bancárias.

Mesmo o PCP, quando andava lá o Vasco Gonçalves também fez o mesmo: com o Saramago no Diário Popular entre outros.

Em suma, qual o partido no poder em Portugal, que não tem a comunicação social na algibeira ?

Saudações democrátticas

Velas do Tejo disse...

Independetemente de controlo, ou não, politico, a realidade é que a imprensa publica aquilo que o público consome.

Desculpem-me mas a telvisão e a imprensa que temos é um reflexo claro dos "portugueses" que somos e dos interesses que temos.